Home / Análise / Nioh: mais a oferecer do que apenas um “Dark Souls de Samurai”

Nioh: mais a oferecer do que apenas um “Dark Souls de Samurai”

Nioh Alpha Demo_20160506222259

Queridos amigos e amigas, na última semana colocamos nossas mãos no alpha demo do aguardado novo jogo da Team Ninja e adicionamos Nioh ao nosso repertório de palavrões. Sim, o jogo é muito difícil. Tão difícil que há boatos de que os jogadores hardcore de Dark Souls estão se unindo para pedir um modo fácil à Team Ninja.

Brincadeiras deixadas de lado, Nioh ainda em seu alpha já conseguiu provar porque é um dos mais aguardados exclusivos de PS4. Me sinto particularmente atraído pela temática Samurai e a ambientação deste jogo é simplesmente sensacional, mesmo que o personagem principal tenha um incômoda semelhança física com o Geralt de Rivia, protagonista de The Witcher.

Nioh Alpha Demo_20160430121214

Quando comecei a ouvir sobre Nioh o nome Dark Souls vinha sempre atrelado à conversa. Joguei os 2 primeiros títulos do tenebroso RPG da From Software e ao contrário da maioria dos jogadores que conseguiram finalizar os games, não me tornei um adorador xiita da franquia. Terminei mais por teimosia do que por paixão. Como o pessoal do MRG falou em um episódio, Dark Souls deveria se chamar Síndrome de Estocolmo, já que você acaba se afeiçoando ao cativeiro emocional que a dificuldade dos jogos impõe aos jogadores.

Mas apesar das comparações, Nioh tem vida própria e seu nível de dificuldade está um pouco acima dos jogos da série Souls. Um pouco é modo generoso de dizer, já que a frase mais marcante do jogo é “Freed From This Mortal Coil” (Liberto deste invólucro mortal, em tradução livre) que aparece toda vez que você morre no jogo. E você morre muito. Morre pra caralho. Morre. #$%&*%@!!!

Ainda assim, o efeito Estocolmo se mostra justificável conforme você vai aprendendo a utilizar as ótimas mecânicas de combate do jogo e a ler os movimentos dos inimigos.

A evolução do personagem se dá através da Amarita, moeda do jogo utilizada para melhorar stats e que você perde e deve voltar ao túmulo para recuperar toda vez que morre, antes que outros o façam.

Nioh Alpha Demo_20160430122328

O combate tem os elementos clássicos de um action-RPG, onde o timing e precaução tem maior eficácia ao derrotar inimigos do que sair apertando botões sem pensar. Você pode travar em um inimigo utilizando o alavanca direita e trocar entre múltiplos inimigos mas nesse jogo você vai provavelmente preferir enfrentar um de cada vez.

Os ataques podem ter maior ou menor carga, de acordo com a arma utilizada e todos eles irão consumir sua Stamina, na minha opinião um dos stats mais importantes nesse jogo. Esquivar e correr também irá consumir seu precioso vigor. Sem vigor, você não consegue atacar, correr ou defender, por isso é crucial gerenciar esta barra, encontrada logo abaixo da barra de vida no canto superior esquerdo da tela. A inércia irá recuperar seu vigor em poucos segundos, mas a total falta de vigor poderá fazer você parar para respirar no meio de um combate o que lhe deixará exposto por um ou dois segundos, diferença entre viver e morrer. Felizmente este fator também se aplica aos inimigos, portanto esquivar ataques pode ser mais lucrativo do que defende-los. Quando ferido, você pode utilizar consumíveis para recuperar vida e também pegar “orbes” de inimigos caídos.

O aspecto mais legal do combate são as três diferentes posições que você pode assumir ao se defrontar com um inimigo. Há uma postura com a arma mais baixa e mais rápida com a qual você atacará mais e causando menos dano, outra média com dano e velocidade também médios e uma terceira na qual você levanta sua arma e troca velocidade um ataque mais forte. Você pode trocar sua postura mesmo durante o combate, de acordo com a leitura que fizer dos movimentos do inimigo. O jogo também conta com alguns combos e magia.

 

Ainda que em formato incipiente, a hud também chamou atenção. A posição de todos os comandos, consumíveis e barras de status é amigável e não interfere no gameplay. Tal qual Dark Souls, confesso que não prestei muita atenção à história, mas é notável que estes elementos estão presentes.

O Alpha demo de Nioh me garantiu boas horas de diversão agridoce, morrendo muito e fazendo crescer a curiosidade pelo jogo completo.

Quem concluiu o Alpha Demo vai ganhar de presente o DLC “The Mark of the Conqueror” no lançamento.

Nioh ainda não tem data marcada, mas chega ao PS4 ainda em 2016.

#somostodosgamers

Nioh Alpha Demo_20160506222350
Nioh Alpha Demo_20160506222350

 


Sobre Diego Silveira

25 publicitário e apaixonado por games e música. Nostálgico, adora consoles retrô e tatuou um controle de Super Nintendo no braço para lembrar a infância. Consome doses cavalares de pizza e café, além de beber feito um viking. PSN: oPatto

Veja também

steep home

Análise: Vale a pena comprar Steep?

Queridos amigos e amigas, Steep foi uma das surpresas da Ubisoft em sua apresentação na …