Home / Análise / Análise: World of Final Fantasy, uma viagem pelo universo da série

Análise: World of Final Fantasy, uma viagem pelo universo da série

Produtora: Square Enix / Data: 25 out 2016 / Gênero: JRPG / Plataforma: PlayStation 4, PlayStation Vita (versão testada)

Final Fantasy é uma das maiores franquias já desenvolvida para games, chegando em breve ao seu 15° título da série principal e tendo inúmeros spin-offs e sequências. Comemorando seu 30° aniversário e buscando introduzir mais jogadores a esse universo, a Square Enix lançou no dia 25 de outubro mais um spin-off chamado World of Final Fantasy, que traz uma história leve e diferente da complexidade que os fãs estão acostumados, mas certamente um JRPG no qual vale a pena perder muitas horas.

wff01

A AVENTURA VAI COMEÇAR!

A premissa de World of Final Fantasy é bem simples, deferente do que aconteceu com outros jogos da série, aqui controlamos um casal de irmãos que se aventuram por Grymoire. Mas essa aventura não começa por acaso, os gêmeos precisam descobrir quem eles são e lutar contra criaturas que ameaçam o lugar. Para isso, os dois precisam capturar as criaturas, denominadas Mirages. Seria como capturar um Pokémon, mas aqui eles são usados em batalhas combinando seus poderes com os dos personagens, ou atuando sozinhos, dependendo da sua estratégia.

Embora não tenha toda a intensidade de um Final Fantasy, a história chega em seu climax a tempo de você não querer mais parar, enquanto também não quer que o jogo chegue ao fim.

A grande atração está nas referencias a outros jogos da série, que estão espalhadas por todos os jogos. Além das criaturas que colocam WoFF no universo criado pela Square, encontramos alguns personagens, desde o clássico Cloud Strife até Claire Farron, mais conhecida por Lightning. Calma, ainda não acabou, também temos as cidades que vai encantar tantos os jogadores mais novos como os que acompanham a série desde o início. A única coisa que pode atrapalhar um pouco nessa apreciação é o movimento e posicionamento da câmera, que chega a atrapalhar na exploração do cenários.

wff03

É FINAL FANTASY, SIM!

Depois de tudo isso, não há dúvidas que esse jogo se encaixa no universo de Final Fantasy, mas se alguém ainda achar motivo para reclamar, é só dar mais atenção a trilha sonora!

Quando começam alguma discussão sobre FF, sempre chega o ponto em que a trilha sonora ganha destaque e a série inteira atinge seus fãs em cheio nesse quesito, seja na sequência principal ou nos diversos spin-offs. World of Final Fantasy não ficou para traz, a trilha composta por Masashi Hamauzu dita o ritmo do jogo com uma leveza desconcertante, aumentando ainda mais a imersão do jogador.

Outra coisa que vai agradar muita gente é o sistema de batalhas. Elas acontecem em turnos, com o Active Time Battle (ATB), e dependendo da sua combinação de Mirages, elas podem durar poucos segundos. Há a opção de ataque automático, que ajuda muito naquelas batalhas fáceis que o jogador não consegue evitar.

wff06

CONCLUSÃO

Por fim, World of Final Fantasy não é aquele jogo que veio para mostrar o quão poderosa a Square Enix é, esse é um bom trabalho e divertimento certo, a única coisa que me incomodou mesmo foi a câmera, fora isso está tudo perfeito. Certamente esse não vai ser o grande destaque da empresa, como todos já devem imaginar, esse é só um aperitivo até que chegue o prato principal, Final Fantasy XV.


Análise: World of Final Fantasy, uma viagem pelo universo da série

9

História

8/10

    Jogabilidade

    9/10

      Gráficos

      9/10

        Trilha

        10/10

          Pros

          • Trilha sonora incrível
          • Sistema de batalha
          • Personagens
          • Referências

          Cons

          • Posicionamento de câmera
          • História fraca para um FF

          Sobre Tadeu Elias

          Aspirante a jornalista metido a cinéfilo que só fala de games!

          Veja também

          steep home

          Análise: Vale a pena comprar Steep?

          Queridos amigos e amigas, Steep foi uma das surpresas da Ubisoft em sua apresentação na …